25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

No dia 25 de novembro de 1960, as irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, foram brutalmente assassinadas pelo ditador Rafael Leônidas Trujillo, da República Dominicana. As três combatiam fortemente aquela ditadura e pagaram com a própria vida.

Em 1999, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas instituiu 25 de novembro como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres, em homenagem às “Mariposas”. Ou seja, durante um dia no ano, incitam-se reflexões sobre a situação de violência em que vive considerável parte das mulheres em todo o mundo.

No planeta, 70% de todas as mulheres, já sofreram ou sofrerão algum tipo de violência em, pelo menos, um momento de suas vidas – independente de nacionalidade, cultura, religião ou condição social (ONU).

🇧No Brasil, 45% das mulheres em situação de violência sofrem agressões diariamente, para 35%, a agressão é semanal. Em média, a cada 8 minutos uma mulher é estuprada em nosso país.

Essa causa é humanitária. É minha e sua, das crianças e idosos, dos ricos e pobres, dos brancos, pretos e coloridos. Não é preciso ser politicamente correto ou pertencer a algum partido.

Não é preciso muito para lutar por um mundo melhor. Basta que haja um coração pulsante e sangue correndo nas veias.

Denuncie Violência Contra Mulher pode ser feita pelo disque 180, disque 100. Polícia Militar no disque 190, ou na Delegacia.