Concursos e Processos Seletivos

Processo Seletivo Simplificado – Retificado em 19/11/2019

MUNICÍPIO DE URUSSANGA – SC torna público que realizará PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO destinado a selecionar candidatos para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos do inciso IX do art. 37 da Constituição Federal e da Lei nº 2.680/2014 e de demais normas relacionadas ao certame.

DAS REGRAS GERAIS DO PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO

  1. Este PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO será realizado de acordo com a legislação específica relacionada à matéria, com as disciplinas constantes neste Edital e será executado pela FUNDAÇÃO DE APOIO A EDUCAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNISUL – FAEPESUL.
  1. Todas as etapas deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO serão realizadas no Município de Urussanga/SC, obedecendo ao cronograma constante no Anexo I,dopresente edital.
  1. PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO constará de Avaliação Escrita Objetiva, Avaliação de Títulos/Tempo de Serviços e Avaliação de Aptidão Prática conforme tabela descritiva no Anexo II deste Edital.
  1. Será disponibilizado 01 (um) Posto de Atendimento para atender aos candidatos, no seguinte endereço:

4.1      Local: BIBLIOTECA MUNICIPAL;

4.2      Endereço: Praça Anita Garibaldi, 14, Centro, Urussanga/SC;

4.3      Telefone: (48) 3465-4386;

4.4      Horário: 13h00 às 17h00min, em dias úteis.

  1. Os cargos, carga horária, vencimentos e requisitos de escolaridade estão definidos no Anexo III deste Edital.
  1. As inscrições ocorrerão conforme cronograma constante no Anexo I e deverão obedecer às regras constantes no Anexo IV.

6.1      As PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PcD) deverão observar as orientações constantes no Anexo V.

6.2      Os candidatos que necessitarem de atendimento especial para a realização das Avaliações deverão seguir as orientações constantes no Anexo V deste Edital.

  1. A divulgação Oficial de todas as etapas referentes a este PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO se dará através de avisos publicados nos locais abaixo, mantendo-se acessíveis por até 90 (noventa) dias após a homologação do certame.

7.1      No site de internet do Município de Urussanga/SC: (http://www.urussanga.sc.gov.br/);

7.2      No site de internet da FAEPESUL: (www.faepesul.org.br/concursos);

  1. É de exclusiva responsabilidade do candidato, o acompanhamento integral das etapas deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, por meio dos órgãos de divulgação Oficial citados neste Edital.
  1. Os horários e cronograma aqui estabelecidos poderão sofrer alterações em razão de melhor atendimento aos objetivos do presente certame, sendo que essas alterações serão publicadas pelos meios de divulgação Oficial mencionados no Item 7 deste Edital.

9.1      Qualquer alteração em cronograma das fases desse certame não enseja qualquer direito a cancelamento de inscrição e tão pouco a devolução dos valores pagos a título de taxa de inscrição, salvo se houver decisão em sentido contrário estabelecida pela FAEPESUL.

  1. A interposição de recursos administrativos deverá obedecer às orientações e requisitos constantes no Anexo X.
  1. Os Candidatos aprovados nas avaliações deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO serão convocados para ocupar os cargos, em funções das vagas por ventura existentes ou de acordo com a necessidade do Município de Urussanga/SC, dentro do prazo de validade do certame.
  1. A aprovação neste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO não implica a admissão imediata do candidato. Todavia, o processo admissional do candidato deverá obedecer, rigorosamente, à ordem de classificação dos aprovados, sendo que serão chamados à medida que a necessidade funcional assim o permitir, obedecendo aos critérios do Município de Urussanga/SC.
  1. Os candidatos aprovados, quando convocados ao trabalho, deverão apresentar os documentos admissionais exigidos pelo Município de Urussanga/SC, conforme listagem de documentos para admissão constante no Anexo XI.

13.1         A relação dos documentos admissionais será entregue no ato da convocação;

13.2         O candidato será convocado através dos meios de comunicação informado na ficha de inscrição deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO;

13.3         O Candidato deverá manter atualizado o seu cadastro junto ao Recursos Humanos Município de Urussanga/SC;

13.4         O Município de Urussanga/SC utilizará dos seguintes meios para contratação, nesta ordem: publicação através do Edital de Convocação no Diário Oficial do Município e por e-mail do candidato;

13.5         O candidato terá o prazo máximo de 2 (dois) dias úteis para providenciar/entregar a documentação completa solicitada na Ficha de Admissão a ser entregue na Prefeitura Municipal de Urussanga/SC. Caso não respeite o prazo acima citado, o candidato poderá ser dispensado da vaga escolhida.

  1. PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO terá validade de 01 (um) ano, prorrogável uma vez por até igual período, contados da data de publicação do ato de homologação do Resultado Definitivo e se dará através de Decreto do Executivo, a critério do Município de Urussanga/SC.
  1. Será excluído do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO o candidato que:

15.1         Promover tumulto, incitar violência ou realizar descortesias com qualquer outro candidato ou membro das equipes encarregadas da aplicação das avaliações;

15.2         For surpreendido durante a aplicação da Avaliação Escrita Objetiva – ou outra que seja vedado – em comunicação com outro candidato, verbalmente, por escrito ou por qualquer outra forma;

15.3         For apanhado em flagrante, utilizando-se de qualquer meio, na tentativa de burlar qualquer Avaliação, ou for responsável por falsa identificação pessoal;

15.4         Afastar-se da sala da Avaliação Escrita Objetiva, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;

15.5         Ausentar-se da sala da Avaliação Escrita Objetiva, a qualquer tempo, portando a folha de respostas;

15.6         Recusar-se a proceder à autenticação digital do cartão-resposta ou de outros documentos, nos termos deste Edital;

15.7         Recusar-se, em qualquer das etapas, a se submeter à fiscalização eletrônica e/ou física;

15.8         Recusar-se a cumprir ou instigar outrem a não cumprir as determinações da equipe responsável do certame;

15.9         Faltar a qualquer uma das fases do certame;

15.10      Não pontuar ou não atingir o quantitativo mínimo de pontuação na Avaliação Escrita Objetiva;

15.11      Deixar de apresentar qualquer documento comprobatório dos requisitos exigidos neste Edital, no momento da contratação.

  1. A inscrição dos candidatos implicará aceitação das condições estabelecidas no inteiro teor deste Edital e das instruções específicas, expedientes dos quais não poderá alegar desconhecimento.
  1. Fica delegada competência à FAEPESUL, para:

17.1         Receber as inscrições;

17.2         Receber as Taxas de Inscrições;

17.3         Receber e decidir sobre as solicitações de isenção das taxas de inscrições;

17.4         Deferir e indeferir as inscrições;

17.5         Emitir os documentos de confirmação de inscrições;

17.6         Prestar informações sobre o PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO;

17.7         Elaborar, aplicar, julgar, corrigir e conduzir a Avaliação Escrita Objetiva, a Avaliação de Títulos/Tempo de Serviços e a Avaliação de Aptidão Prática do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, bem como divulgar seus respectivos resultados;

17.8         Receber e julgar os recursos previstos neste Edital;

17.9         Publicar o Resultado Definitivo do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO.

  1. Os casos omissos serão resolvidos conjuntamente pela Comissão do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO constituída pelo Decreto GP/N 71, de 16 de setembro de 2019.
  1. O foro para dirimir qualquer questão relacionada a este PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO é o da Comarca de Urussanga/SC.

Urussanga/SC, 31 de outubro de 2019.

LUIS GUSTAVO CANCELLIER

Prefeito Municipal

ANEXO I

CRONOGRAMA

DATAS PREVISTASEVENTOS
31/10/2019Publicação: Extrato Edital e Edital – Imprensa Oficial.
31/10/2019 a05/11/2019Período para impugnação das disposições do Edital (diretamente na Área do Candidato).
31/10/2019 a11/11/2019Período de inscrição, solicitação e encaminhamento da documentação comprobatória para isenção do pagamento do valor da taxa de inscrição.
13/11/201919/11/2019Divulgação dos pedidos de isenção da Taxa de Inscrição deferidas e indeferidas;
14/11/201920/11/2019Data para interposição de recursos concernente ao indeferimento da isenção do valor da taxa de inscrição.
15/11/201921/11/2019Divulgação das solicitações de isenção deferidas e indeferidas, após análise e julgamento dos recursos.
31/10/2019 a29/11/2019Período para:Inscrição somente pela Internet;Emissão e remissão do boleto bancário;Recebimento dos requerimentos para PCD;Requerimento de Atendimento de Necessidades Especiais;Protocolo dos Títulos/Tempo de Serviços, diretamente na Área do Candidato.
02/12/2019Data limite para pagamento da Taxa de Inscrição.
04/12/2019Publicação:Lista das inscrições deferidas;Relação das inscrições indeferidas com respectivos fundamentos;
05/12/2019Data para interposição de recursos concernente as inscrições indeferidas.
06/12/2019Publicação:Extrato Resultado Recursos Administrativos Interpostos;Homologação das inscrições e divulgação do horário e local para realização da Avaliação Escrita Objetiva.
08/12/2019APLICAÇÃO DA AVALIAÇÃO ESCRITA OBJETIVA
09/12/2019Divulgação do Gabarito Preliminar e do caderno da Avaliação Escrita Objetiva aplicado exclusivamente na Área do Candidato.
10/12/2019Data para interposição de Recursos Administrativos concernente às questões e ao Gabarito Preliminar da Avaliação Escrita Objetiva exclusivamente na Área do Candidato.
19/12/2019Publicação:Extrato Resultado Recursos Administrativos Interpostos;Resultado Preliminar da Avaliação Escrita Objetiva;Resultado Preliminar da Avaliação de Títulos/Tempo de Serviço.
20/12/2019Data para interposição de recursos concernente ao Resultado Preliminar da Avaliação Escrita Objetiva e da Avaliação de Títulos/Tempo de Serviço.
23/12/2019Publicação:Extrato Resultado Recursos Administrativos Interpostos;Resultado Definitivo do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO (Cargos sem etapa Prática).Lista dos Candidatos classificados, local, data, horário para realização das Prova Prática.
12/01/2020APLICAÇÃO DA AVALIAÇÃO DE APTIDÃO PRÁTICA
14/01/2020Publicação do resultado da Avaliação de Aptidão Prática.
15/01/2020Data para interposição de recursos concernente ao Resultado da Avaliação de Aptidão Prática.
17/01/2020Publicação:Extrato Resultado Recursos Administrativos Interpostos;Resultado Definitivo do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO (Cargos com Prova Prática).

ANEXO II

ETAPAS

CARGOSAvaliação Escrita ObjetivaAvaliação de Títulos/Tempo de ServiçoAvaliação de Aptidão Prática
Classificatória e EliminatóriaClassificatóriaEliminatória
AGENTE DE SERVIÇOS GERAISX  
FONOAUDIÓLOGOX  
MONITOR DO TRANSPORTE ESCOLARX  
MONITOR ESCOLARX  
MOTORISTAX X
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL – HABILITADOXX 
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO – HABILITADOXX 
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOXX 
  1. 1.         O não comparecimento do candidato em hora e local aprazados para realização da Avaliação Escrita Objetiva implicará ELIMINAÇÃO do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO.
  1. 2.         A Avaliação Escrita Objetiva terá caráter ELIMINATÓRIO/CLASSIFICATÓRIO de acordo com a forma constante no Anexo VII.
  1. 3.         A Avaliação de Títulos/Tempo de Serviço terá caráter CLASSIFICATÓRIO de acordo com a forma constante no Anexo VIII.
  1. 4.         A Avaliação de Aptidão Prática terá caráter ELIMINATÓRIO/CLASSIFICATÓRIO de acordo com a forma constante no Anexo IX.

ANEXO III

CARGOS, VAGAS, CARGA HORÁRIA, VENCIMENTOS, HABILITAÇÃO PROFISSIONAL E ATRIBUIÇÕES

  1. 1.         O nível de escolaridade e as exigências indicadas deverão estar atendidas até a data da contratação. Caso não comprovados a escolaridade e os requisitos mínimos exigidos na tabela constante nos itens 7 e 8 deste Anexo, a contratação não será realizada.
  1. 2.         As atividades inerentes a cada um dos cargos serão desenvolvidas perante a Secretaria Municipal de Educação e, em quaisquer dependências, locais ou órgãos do Município de Urussanga/SC.
  1. 3.         A Carga Horária está expressa em tempo semanal de trabalho.
  1. 4.            Valores referentes a 40 (quarenta) horas semanais. Para as vagas de 10 (dez), 20 (vinte), 30 (trinta) e 40 (quarenta) horas semanais, a remuneração será pela proporcionalidade dos valores citados neste edital. As atribuições dos cargos são as constantes na Lei Municipal Nº. 1763/2000 e Lei 2.777/2016 e suas alterações.
  1. 5.            Todos os cargos Professor terão acréscimo de 10% (dez por cento) referente a regência de classe.
  1. 6.         A contratação dos profissionais serão realizadas mediante contrato administrativo, regidos pelo regime jurídico-administrativo especial disposto nesta Lei, com anotação na CTPS quanto a sua condição de temporário somente para fins previdenciários.
  1. 6.         A contratação dos profissionais serão realizadas mediante contrato administrativo, regidos pelo regime jurídico-administrativo especial disposto na Lei Municipal nº 2.680/2014, com anotação na CTPS quanto a sua condição de temporário somente para fins previdenciários.
  1. 7.         Os Candidatos classificados figurarão como Cadastro Reserva para posterior aproveitamento pela Administração Municipal.
  1. 8.         Havendo a contratação acima da quantidade de 5 (cinco) vagas ou que no decorrer da validade deste certame ultrapassem a quantidade mencionada, haverá a reserva de cinco por cento em face da classificação obtida para Pessoas com Deficiências – PcD conforme anexo V deste Edital.

8.1      Caso não haja nenhuma inscrição em Pessoas com Deficiências – PcD, a quantidade vagas, reservadas no item anterior voltará a reintegrar o quadro geral.

  1. 9.         CARGOS, NÍVEL, VAGAS, CARGA HORÁRIA, VENCIMENTOS:
CARGOSVAGASCARGA HORÁRIAVENCIMENTOS (R$)
AGENTE DE SERVIÇOS GERAISCRAté 40hR$ 1.201,74
FONOAUDIÓLOGOCRAté 40hR$ 2.946,96
MONITOR DO TRANSPORTE ESCOLARCRAté 40hR$ 1.201,74
MONITOR ESCOLARCRAté 40hR$ 1.201,74
MOTORISTACRAté 40hR$ 1.201,74R$ 1.602,93
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO – HABILITADOCRAté 40hR$ 3.454,36 ou R$ 2.564,77 (Magistério)
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOCRAté 40hR$ 2.105,98

* CR – Cadastro Reserva

  1. 10.         CARGO, NÍVEL ESCOLARIDADE, HABILITAÇÃO PROFISSIONAL:
CARGOSNÍVEL ESCOLARIDADEHABILITAÇÃO PROFISSIONAL*
AGENTE DE SERVIÇOS GERAISALFABETIZADOSer alfabetizado.
FONOAUDIÓLOGOSUPERIORCurso Superior em Fonoaudiologia e registro no Conselho ou Órgão competente. Carteira Nacional de Habilitação categoria `B`.
MONITOR DO TRANSPORTE ESCOLARFUNDAMENTALEnsino fundamental completo. Carteira Nacional de Habilitação categoria `B`.
MONITOR ESCOLARMÉDIOEnsino médio e graduando no curso de Pedagogia ou Licenciatura Específica na área de educação.
MOTORISTAALFABETIZADOAlfabetizado. Carteira Nacional de Habilitação “D”.
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica ou magistério
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura – Artes ou Artes Visuais, na área específica ou magistério.Habilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.Cursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.Habilitação em curso de nível superior de Licenciatura – Artes ou Artes Visuais, na área específica ou magistério.
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.Cursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura – Artes ou Artes Visuais, na área específica ou magistério.
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica ou magistério.
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO – HABILITADOSUPERIORDiploma de conclusão de curso superior de licenciatura em teologia, sociologia ou história.
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase superior de licenciatura em teologia, sociologia ou história.
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura em Ciências da Computação, Sistema de Informação, Engenharia da Computação ou Tecnologia em Redes de Computação.
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.Habilitação em curso de nível superior de Licenciatura Plena com conhecimento da Língua Italiana.
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.Cursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura Plena com conhecimento da Língua Italiana.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO – HABILITADOSUPERIORHabilitação em curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO – NÃO HABILITADOSUPERIORCursando a partir da 4ª fase de curso de nível superior de Licenciatura, na área específica.

* Demais requisitos exigidos na Legislação Municipal.

ANEXO IV

INSCRIÇÕES

  1. 1.            As inscrições para este PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO deverão ser realizadas no sítio de Internet da FAEPESUL, no seguinte endereço: www.faepesul.org.br/concursos.
  1. 2.            O valor das inscrições segue a tabela abaixo:
ESCOLARIDADEVALOR (em R$)
Níveis Fundamental, Médio e Técnico50,00
Nível Superior60,00
  1. 3.         Serão aceitos pedidos de Isenção da Taxa de Inscrição para Doadores de Sangue.

3.1            Os Candidatos requerentes que prestarem informação falsa com o intuito de usufruir a isenção prevista neste Edital, sem prejuízo das sanções penais cabíveis, estarão sujeito a/ao:

3.1.1       Cancelamento da inscrição e exclusão deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, se a falsidade for constatada antes da homologação de seu resultado;

3.1.2       Exclusão da lista de aprovados, se a falsidade for constatada após a homologação do resultado e antes da contratação para o cargo;

3.1.3       Declaração de nulidade do ato de contratação, se a falsidade for constatada após a sua publicação.

3.2      Os Candidatos que desejam usufruir da isenção para Doadores de sangue devem preencher os requisitos estabelecidos na Lei Municipal n° 2436/2009 e seguir com os seguintes procedimentos:

3.2.1       Selecionar a Opção de isenção “Doador de Sangue” no momento da inscrição, dentro do período fixado no Anexo I deste Edital;

3.2.2       Encaminhar via upload (extensão .jpeg) diretamente na Área do Candidato os seguintes documentos:

3.2.2.1   Imagem, legível, do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou de documento de identidade oficial;

3.2.2.2   Imagem, legível, de documento expedido pela entidade coletora que ateste a doação de sangue, não inferior a 2(duas) doações no período de 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias anteriores a publicação neste Edital;

3.2.3       O Envio do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do documento emitido pela entidade coletora de que tratam os itens 4.2.2.1 e 4.2.2.2 é de responsabilidade exclusiva do Candidato;

3.2.4       FAEPESUL não se responsabiliza por qualquer tipo de problema que impeça a chegada dos documentos enviados a seu destino, ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem o envio;

3.2.5       O candidato deverá manter aos seus cuidados a documentação original e caso seja solicitado pelo FAEPESUL, deverá enviar o documento original por meio de carta registrada, sob pena de aplicação das sanções previstas no item 4.1 deste Anexo.

  1. 4.         A relação dos pedidos de isenção da Inscrição conforme os termos do presente Edital, que tiverem sido aceitos, serão publicados conforme cronograma constante no Anexo I e no local especificado no item 7 do presente Edital.
  2. 5.         O candidato amparado pela isenção da taxa de inscrição, seguirá todas as etapas deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, estando unicamente isento do pagamento de inscrição, caso seu pedido seja deferido.
  1. 6.         O candidato, que não for beneficiário da isenção da taxa de inscrição e após preencher o formulário de inscrição, disponível no endereço eletrônico www.faepesul.org.br/concursos, deverá imprimir o respectivo boleto bancário, onde consta o valor da inscrição e efetuar o pagamento no prazo estabelecido no respectivo documento.

6.1                  O pagamento do boleto bancário poderá ser efetuado em qualquer agência bancária ou local conveniado, até o dia do vencimento impresso;

6.2                  Não serão aceitas inscrições em que haja divergência de informações entre os Dados Bancários relacionados a inscrição em decorrência de vírus ou incorreção no pagamento.

  1. 7.         Será permitida a inscrição para, no máximo, 02 (dois) Cargos de Professor e Segundo Professor, podendo ser realizado no mesmo formulário de inscrição, sendo devido o pagamento da taxa para Inscrição em cada Cargo inscrito (opções), conforme item 3 deste Anexo.

7.1      Caso o candidato opte em concorrer para 02 (dois) Cargos, no momento da inscrição deverá selecionar as opções apresentadas.

  1. 7.         Será permitida a inscrição para, no máximo 02 (dois) Cargos, somente se forem de nível de Ensino Superior e/ou Médio, podendo ser realizado no mesmo formulário de inscrição, sendo devido o pagamento da taxa para Inscrição em cada Cargo inscrito (opções), conforme item 3 deste Anexo.

7.1      Caso o candidato opte em concorrer para 02 (dois) Cargos, no momento da inscrição deverá selecionar as opções apresentadas.

  1. 8.            O sistema de inscrição via Internet permite ao candidato, a emissão de uma segunda via do boleto bancário, esse só poderá ser emitido dentro do período de inscrição.
  1. 9.            Embora o boleto para pagamento da taxa de inscrição possa ser emitido fora do horário bancário, o mesmo deverá ser quitado dentro do prazo de inscrição estabelecido no Anexo I.
  1. 10.         As inscrições somente serão deferidas (confirmadas) após a FAEPESUL ser certificada pela Instituição Financeira responsável pelo recebimento dos boletos bancários.
  1. 11.         Caso o candidato conste na Lista de inscrições indeferidas a ser publicada pela FAEPESUL e tenha efetuado o pagamento da Taxa de Inscrição, deverá protocolizar Recurso Administrativo no prazo estabelecido no Anexo I deste Edital, anexando o respectivo comprovante de pagamento, para fins de regularização administrativa da sua participação no certame e sob pena de ser indeferida a sua inscrição.
  1. 12.         O valor da inscrição, uma vez pago, não será restituído, salvo em caso de cancelamento do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO.
  1. 13.         No caso de pagamento da inscrição com cheque, sendo o mesmo devolvido, a inscrição será considerada nula, independente do motivo da devolução, a qualquer tempo.
  1. 14.         É vedada a inscrição condicional, extemporânea, via postal, via fax, ou por qualquer outro meio não especificado neste Edital.
  1. 15.         FAEPESUL não se responsabiliza por inscrições não recebidas por motivos de ordem técnica de computadores; falhas na comunicação; congestionamento de linha de comunicação, bem como outros fatores externos que impossibilitem a transferência de dados.
  1. 16.         A inscrição no presente PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO implica conhecimento expresso e tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital, das quais o candidato não poderá alegar desconhecimento.

ANEXO V

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCD)

CANDIDATOS COM NECESSIDADES DE ATENDIMENTO ESPECIAIS E

CONDIÇÃO ESPECIAL DE AVALIAÇÃO

  1. Dos Cargos disponíveis para este certame, é reservado o percentual de 5% (cinco) para Pessoas Com Deficiência (PCD), na conformidade do art. 37, inciso VIII, da Constituição Federal de 1988 c/c a Lei Federal n° 13.146/2015, Decreto Federal nº 3.298/1999.

1.1                  Sua aceitação estará condicionada à compatibilidade da sua limitação com as atribuições dos Cargos constantes do Anexo III.

  1. Não havendo Pessoas com Deficiência (PCD) classificados em números suficientes para preencheras vagas reservadas, estas se reverterão às vagas gerais do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO.
  1. 3.            Para concorrer a uma das vagas reservadas, o candidato deverá dentro do prazo definido no Anexo I deste Edital realizar os seguintes procedimentos:

3.1      No ato da inscrição, declarar-se como: Candidato com Deficiência;

3.2      Enviar, via upload, a imagem (extensão .jpg ou .jpeg) do laudo médico, emitido nos últimos 12 meses, que deve atestar a espécie e o grau ou nível de sua deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID-10), bem como a provável causa da deficiência, contendo a assinatura e o carimbo do médico com o número de sua inscrição no Conselho Regional de Medicina (CRM);

3.3      O envio da imagem do laudo médico é de responsabilidade exclusiva do Candidato, devendo ser atestado inclusive a sua legibilidade e integridade, sob pena de desconsideração;

3.4      FAEPESUL não se responsabiliza por qualquer tipo de problema que impeça a chegada da documentação a seu destino, ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem o envio;

3.5      O candidato deverá manter aos seus cuidados a documentação original ou cópia autenticada em cartório constante do subitem 3.2 deste Anexo. Caso seja solicitado pelo FAEPESUL, o candidato deverá enviar a referida documentação por meio de carta registrada para confirmação da veracidade das informações, sob pena de aplicação das penalidades estabelecidas em Lei.

  1. O Laudo Médico, referente à solicitação de atendimento especial, terá validade somente para esta seleção pública.
  1. A apresentação do Laudo Médico, referido no item anterior, não elidirá a atuação de uma Junta Médica Oficial do Município de Urussanga/SC, cuja conclusão terá prevalência sobre qualquer outra.
  1. Após análise da Junta Médica Oficial, se a deficiência do candidato não for atestada como compatível ao cargo para o qual se inscreveu, o mesmo deverá concorrer às vagas gerais do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO.
  1. Para efeito deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, consideram-se deficiências que assegurem o direito de concorrer às vagas reservadas, somente as conceituadas na medicina especializada e nas normativas relacionadas, concordes com os padrões internacionalmente reconhecidos.
  1. A opção de concorrer às vagas reservadas à pessoa portadora de deficiência é de inteira responsabilidade do candidato.
  2. O candidato portador de deficiência participará do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo, avaliação, horário e local de realização das provas.
  1. Os candidatos que necessitarem de algum atendimento especial, para a realização das Avaliações Escritas Objetivas, deverão declará-lo no Formulário de Inscrição, no espaço reservado para este fim, para que sejam tomadas as providências cabíveis no prazo delineado no Anexo I. Tal manifestação é de responsabilidade exclusiva do candidato e implica a aceitação imediata da condição especial para realização da avaliação.

10.1         Caso a solicitação de atendimento especial não seja aceita em virtude da condição e/ou da causa que o motive, o Candidato deverá realizar a Avaliação em igualdade de condições com a dos outros candidatos do certame.

10.2         Serão ofertadas, mediante apresentação de laudo médico (com identificação do profissional e registro no CRM) as seguintes condições especiais:

10.2.1       Ledor (deficiente visual);

10.2.2       Prova Ampliada (fonte 20);

10.2.3       Auxílio de Profissional de Libras;

10.2.4       Candidato com baixa audição (aparelho auditivo);

10.2.4.1              Para esta condição especial, o Candidato receberá as instruções da Avaliação utilizando o equipamento mas quando do início da aplicação e execução da avaliação deverá colocar o aparelho em local reservado (sem acesso), não podendo utilizar durante a realização das provas, inclusive quando se deslocar ao banheiro;

10.2.5       Sala de Fácil acesso (térreo/rampa);

10.2.6       Auxílio para Gestante;

10.2.7       Auxílio para candidatas lactantes;

10.2.8       Utilização de medicação e/ou tratamento durante a avaliação;

  1. 11.      A Candidata que tiver necessidade de amamentar durante a realização da Avaliação Escrita Objetiva, além de solicitar atendimento especial para tal fim (item 10.2.7), deverá levar um acompanhante (maior e capaz), que permaneça em local reservado ou na própria coordenação do evento o qual será o responsável pela guarda e cuidados do infante e declare que não se comunicará com Candidato.

11.1         O Candidato que não atender a essa exigência e vier acompanhada do amamentando não realizará a Avaliação.

11.2         O tempo de amamentação será acrescido no tempo de duração da prova, estando limitado a 30 (trinta) minutos.

  1. 12.      O candidato que necessitar de atendimento especial deverá participar do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere ao conteúdo, avaliação, horário e local de realização das provas.

12.1               Caso não houver manifesto declarado, conforme disposto acima, o candidato realizará a Avaliação Escrita Objetiva em condições normais com os demais candidatos.

  1. Tendo sido aprovada no PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, a Pessoas Com Deficiência (PCD) poderá ser submetida à Equipe Multiprofissional do Município de Urussanga/SC, designada com o objetivo de avaliar a compatibilidade entre as atribuições essenciais da atividade com as condições limitadoras de que o candidato é portador, emitindo relatório que servirá de base para investidura no Cargo escolhido neste certame.

ANEXO VI

CLASSIFICAÇÃO

  1. 1.         A Classificação deste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO obedecerá às disciplinas constantes neste Anexo.
  1. 2.         A Avaliação Escrita Objetiva terá valor de no máximo 10 (dez) pontos.
  1. 3.         A Avaliação de Títulos/Tempo de Serviço terá o valor de, no máximo, 5 (cinco) pontos.
  1. 4.         A Avaliação de Aptidão Prática não agregará pontuação.
  1. 5.         Para os cargos que possuem Avaliação Escrita Objetiva e Avaliação de Títulos/Tempo de Serviço o resultado/classificação será a soma aritmética das pontuações obtidas em ambas as provas.
  1. 6.               Em caso de empate na nota final dos candidatos não eliminados neste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem:

6.1      Tiver idade igual ou superior a 60 anos, até o último dia de inscrição neste PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, conforme artigo 27, parágrafo único, da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso);

6.2      Obtiver maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos específicos;

6.3      Obtiver o maior número de acertos na prova objetiva de conhecimentos gerais;

6.4      Tiver maior idade;

6.5      Tiver exercido a função de jurado (conforme artigo 440 do Código de Processo Penal).

6.5.1       O candidato que tiver o interesse de ter atribuído este critério de desempate deverá assinalar a opção no momento da inscrição;

6.5.2       Os candidatos a que se refere a função de jurado serão convocados, antes do resultado final do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO, para a entrega da documentação que comprovará o exercício da função declarada;

6.5.3       Para fins de comprovação da função jurado, serão aceitas certidões, declarações, atestados ou outros documentos públicos (original ou cópia autenticada em cartório) emitidos pelos Tribunais de Justiça Estaduais e Regionais Federais do País, nos termos do art. 440 do CPP, a partir de 10 de agosto de 2008, data da entrada em vigor da Lei nº 11.689/2008.

  1. 7.         A listagem, com a ordem de classificação dos candidatos da Avaliação Escrita Objetiva, será elaborada com base no número de pontos dos candidatos e apresentada em ordem decrescente de pontuação, e divulgada nos locais de publicações Oficiais deste Edital.

ANEXO VII

AVALIAÇÃO ESCRITA OBJETIVA

  1. A Avaliação Escrita Objetiva terá caráter CLASSIFICATÓRIO/ELIMINATÓRIO, tendo como objetivo primordial a avaliação dos conhecimentos do candidato.
  1. O horário e os locais de aplicação da Avaliação Escrita Objetiva serão divulgados em data prevista conforme cronograma no Anexo I.
  1. O candidato que não comparecer à etapa de Avaliação Escrita Objetiva será considerado ELIMINADO do PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO.
  1. A Avaliação Escrita Objetiva será composta de 25 (vinte e cinco) questões, com 5 (cinco) alternativas de resposta para cada questão, havendo apenas 1 (uma) assertiva correta.

4.1      Quadro de distribuição das questões das Avaliações Escritas Objetivas, Habilitados/Não Habilitados:

CARGOSCONHECIMENTOS GERAISCONHECIMENTOSESPECÍFICOS
LÍNGUA PORTUGUESARACIOCÍNIO LÓGICO
AGENTE DE SERVIÇOS GERAIS10510
FONOAUDIÓLOGO10510
MONITOR DO TRANSPORTE ESCOLAR10510
MONITOR ESCOLAR10510
MOTORISTA10510
2º PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL10510
PROFESSOR DE ANOS INICIAIS10510
PROFESSOR DE ARTES 6º AO 9º ANO10510
PROFESSOR DE CIÊNCIAS 6º AO 9º ANO10510
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL10510
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL10510
PROFESSOR DE ENSINO RELIGIOSO10510
PROFESSOR DE GEOGRAFIA 6º AO 9º ANO10510
PROFESSOR DE HISTÓRIA 6º AO 9º ANO10510
PROFESSOR DE INFORMÁTICA 1º AO 5º ANO10510
PROFESSOR DE INGLÊS 6º AO 9º ANO10510
PROFESSOR DE LÍNGUA ITALIANA 1º AO 5º ANO10510
PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA 6º AO 9º ANO10510
PROFESSOR DE MATEMÁTICA 6º AO 9º ANO10510
  1. Cada questão terá o valor conforme abaixo descrito:
QUESTÃOPONTUAÇÃOPONTUAÇÃO MÁXIMA
CONHECIMENTOS GERAIS0,2 (dois décimos) de pontos3,0 (três) pontos
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS0,7 (sete décimos) de ponto7,0 (sete) pontos
  1. O resultado da avaliação escrita objetiva será apurado, computando-se o número total de questões respondidas corretamente.
  1. A nota mínima, na avaliação escrita objetiva para classificação e, consequente, continuação do candidato nas próximas fases deste certame é de 02 (dois) pontos, independentemente do componente curricular/disciplina.
  2. O candidato que não atingir o quantitativo mínimo de acertos descritos no item 7 será, automaticamente, ELIMINADO do certame.
  1. Na hipótese de anulação de questão(ões) da avaliação escrita objetiva, por parte da comissão de coordenação do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO, ela(s) será(ão) considerada(s) como respondida(s) corretamente por todos os candidatos.
  1. Haverá a entrega pelo fiscal de sala de cadernos de provas distintos quanto as questões de Conhecimentos Gerais e as questões de Conhecimentos Específicos, numerados e sequenciados individualmente para cada caderno.

10.1   O candidato que concorrer a somente uma função receberá 2 (dois) cadernos de provas, sendo um contendo questões de Conhecimentos Gerais e outro contendo questões de Conhecimentos Específicos;

10.2   O candidato que optar em realizar este PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO para 2 (duas) funções receberá três cadernos de provas, sendo um referente às questões de Conhecimentos Gerais e outros dois referentes às questões de Conhecimentos Específicos das funções inscritas.

  1. Na avaliação escrita objetiva, também será considerada com pontuação 0 (zero) a resposta do candidato contida no cartão-resposta quando:

11.1   Conter emenda e/ou rasura, ainda que legível;

11.2   Conter mais de uma opção de resposta assinalada;

11.3   Não estiver assinalada;

11.4   For preenchida fora das especificações contidas nas instruções fornecidas;

11.5   Não estiver a opção completamente preenchida para o espaço destinado a opção da questão.

  1. O cartão-resposta deverá ser preenchido e assinado pelo candidato com caneta esferográfica de material transparente de tinta preta ou azul.

12.1   O candidato que não assinar ou recursar a postar sua assinatura no cartão-resposta, por qualquer motivo, será ELIMINADO do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO;

12.2   O cartão-resposta será personalizado para cada candidato;

12.3   O candidato deverá transcrever as respostas das questões objetivas para o cartão-resposta, que será o único documento válido para a correção dessas questões;

12.4   O preenchimento do cartão-resposta será de inteira responsabilidade do candidato;

12.5   O cartão-resposta não será substituído.

  1. A duração da avaliação escrita objetiva, incluído o tempo para preenchimento do cartão-resposta, será de 3h (três horas).
  1. O candidato somente poderá se retirar do local da avaliação escrita objetiva após 1h (uma hora) do seu início.
  1. Para a entrada nos locais de realização das avaliações escritas objetivas, o candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, documento de identificação e, se solicitado, a confirmação de inscrição.

15.1               São considerados válidos os seguintes documentos de identificação: Carteira de Identidade (RG); Carteiras Expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelo Corpo de Bombeiro Militar, pela Polícia Militar, pelos Conselhos e Órgãos Fiscalizadores de Exercício Profissional; Certificado de Reservista; Carteiras Funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade, Carteira de Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação com foto recente e dentro do prazo de validade.

15.2               Não serão aceitos qualquer espécie de documento em meio digital, mesmo havendo legislação que o regulamente.

  1. Recomenda-se que o candidato compareça ao local de prova com antecedência mínima de 45 min. (quarenta e cinco minutos) antes do horário previsto para realização da prova.
  1. Não haverá, em qualquer hipótese, segunda chamada para a avaliação escrita objetiva, nem a possibilidade de realização de prova fora do horário fixado.
  1. Durante a realização da avaliação escrita objetiva é vedada a consulta a livros, revistas, folhetos ou anotações, bem como o uso de máquinas de calcular ou qualquer equipamento elétrico ou eletrônico, inclusive telefones celulares, sob pena de eliminação do candidato do PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO.

18.1         Os materiais e equipamentos mencionados deverão ser entregues aos fiscais de sala, antes do início das avaliações, para serem devolvidos ao seu término;

18.2         FAEPESUL não se responsabilizará por perda, roubo ou dano dos referidos materiais e equipamentos.

  1. A avaliação escrita objetiva será corrigida por processo opto-eletrônico, sendo somente consideradas as respostas transferidas apropriadamente para o cartão-resposta, sendo o único documento válido para a correção da avaliação, desconsiderando-se qualquer marcação que o candidato tenha feito no caderno de questões da prova.
  1. O candidato, ao encerrar a avaliação escrita objetiva, entregará ao fiscal de sua sala o cartão-resposta devidamente assinado e o caderno de avaliação, podendo reter para si, apenas, o espaço delimitado na folha do caderno de avaliação onde consta o rascunho do gabarito.
  1. Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala, onde for realizada a avaliação escrita objetiva, somente poderão retirar-se após o último candidato entregar a avaliação, devendo assinarem a ata de encerramento da avaliação escrita objetiva.

21.1   O candidato que se recusar e/ou criar qualquer embaraço com a obrigação descrita no caput deste item será ELIMINADO do certame.

  1. O gabarito da avaliação escrita objetiva será divulgado no local indicado no item 7 deste Edital, conforme cronograma disciplinado no Anexo I.
  1. Os cadernos de avaliações ficarão disponíveis no site www.faepesul.org.br/concursos, a partir da publicação do gabarito, até a homologação final do certame.
  1. O conteúdo programático para a avaliação escrita objetiva será assim composto:

24.1          CONHECIMENTOS GERAIS – CARGOS DE NÍVEL ALFABETIZADO E FUNDAMENTAL:

24.1.1     LÍNGUA PORTUGUESA: Leitura, compreensão e interpretação de textos. Ortografia. Nova Ortografia. Gênero e número dos substantivos e adjetivos.  Concordância nominal e verbal. Acentuação gráfica. Sinais de pontuação. Semântica: sinônimos, antônimos, homônimos e parônimos.

24.1.2     RACIOCÍNIO LÓGICO: Progressões aritméticas e progressões geométricas; Resolução de problemas de Lógica: Formal e Informal; Estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios; A lógica no contexto histórico; Lógicas; Tabela Verdade; Raciocínio Analítico.

24.2          CONHECIMENTOS GERAIS – CARGOS DE NÍVEL MÉDIO/TÉCNICO E SUPERIOR:

24.2.1     LÍNGUA PORTUGUESA: Análise e interpretação de texto. Vocabulário. Ortografia. Nova ortografia. Usos dos porquês. Pontuação. Acentuação gráfica. Estrutura e formação de palavras.  Classes gramaticais. Gênero, número e grau dos substantivos e adjetivos. Adjetivos eruditos. Adjetivos pátrios. Conjugação verbal.  Semântica: sinônimos, antônimos, homônimos e parônimos.  Regência verbal e nominal. Crase. Concordância verbal e nominal. Colocação pronominal e emprego dos pronomes; formas de tratamento. Níveis de linguagem (ou níveis de fala). Funções da Linguagem. Vícios de linguagem.  Termos essenciais da oração; Termos integrantes da oração, Orações coordenadas. Orações subordinadas. Estilística: figuras de linguagem.

24.2.2     RACIOCÍNIO LÓGICO: Conceitos Básicos da Lógica; Proposições simples e compostas; Álgebra proposicional; Implicação lógica; Equivalência lógica; Tautologia, contradição e contingência; Sentenças abertas; Proposições categóricas; Diagramas lógicos; Afirmação e negação; Lógica de argumentação; Analogias; Análise Combinatória: raciocínio multiplicativo, raciocínio aditivo; Combinação, arranjo e permutação; Progressões aritméticas e progressões geométricas; Resolução de problemas de Lógica: Formal e Informal; Estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios; 19. A lógica no contexto histórico; Operações Lógicas; Tabela Verdade; Raciocínio Analítico.

24.3          CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS:

24.3.1     AGENTE DE SERVIÇOS GERAIS: Limpeza e higiene em geral. Limpeza e conservação dos objetos de uso, de equipamentos e do local de trabalho. Controle de estoque dos materiais de limpeza. Remoção de lixo e detritos, destino e seleção do lixo. Segurança e higiene do trabalho. Acidente de trabalho e prevenção de acidentes de trabalho. Noções sobre primeiros socorros. Uso de equipamentos de proteção individual – EPIs.

24.3.2     FONOAUDIÓLOGO: Conceitos básicos; comunicação verbal e não verbal, voz, fala, linguagem, pensamentos. Fenômeno normal da linguagem oral. Processo normal do pensamento. Desenvolvimento global da criança, segundo as áreas: motoras, cognitivas, sócio-emocionais. Processo de aquisição da linguagem oral e escrita. Alterações da linguagem oral em relação aos sistemas: nervoso, auditivo, e do aparelho fonador. Distúrbios fonoaudiológicos na linguagem oral e escrita. A psicomotricidade e suas implicações nos distúrbios da linguagem escrita. Elementos básicos na psicomotricidade, esquema corporal, lateralidade, tônus muscular, orientação especial e orientação temporal. Aprendizagem e teoria da aprendizagem; causas dos distúrbios da aprendizagem. Pré-requisitos para a aprendizagem da leitura e da escrita. Distúrbios da aprendizagem. A escola especial e a Fonoaudiologia. Fala: Componentes do sistema de fala normal, receptor, transmissor e efetor. Desenvolvimento normal da fala e a relação das etiologias no fenômeno fonoaudiológico da fala: respiratória, articulatória, neurológica, psicológica. As patologias da fala: dislalia, disglossia, deglutição atípica, disartria, dislogia, apraxia, anartria, gagueira – fundamentação teórica, características, etiologia, consequência. Avaliação da fala ligada a estas patologias, fundamentação teórica, recursos e prognóstico. Voz: Mecanismo de produção da voz: função respiratória, mobilidade laríngea durante a formação, sistema de ressonância, emissão dos sons na fala, articulação, estrutura da fonação. O fenômeno fonoaudiológico na voz, patologias, disfonias infantis, muda vocal, afonia laríngea, insuficiência velo faríngea (rinofonia) – conceituação, etiologia, sintomatologia, consequência, conduta para reeducação. Audição: Desenvolvimento da função auditiva. Audição periféri